sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Sinto-me a pessoa mais inteligente do mundo

Emma Watson

Álgebra Linear e Geometria Analítica - CHECK!
Biologia Celular - CHECK!
Cálculo Diferencial e Integral I - CHECK!
Mecânica A - 03/02/2012

Juro que não estava à espera disto. Parecem poucas (faltam duas, que são tão fáceis que eu não as incluo), mas para o impacto que é o primeiro semestre do primeiro ano, são muitas...
O primeiro exame foi o de Bio. Cel.. Foi o terror. Só resposta fechada, a descontar. Nem sequer consegues perceber se te correu bem ou mal... Foi também a primeira nota que recebi: 9,36. Fiquei do tipo "Eu não estou a acreditar nisto... Por 0,14? A sério? Fizeram-me isto?". Fui a prova oral (logo para estrear bem) e saí de lá com a sensação que era a pessoa mais burra e mais irresponsável do mundo. Passei com 10 e fiz uma festa, com direito a pulos e guinchos no meio da via pública.
Cálculo é o pior do primeiro semestre para a maioria. Foi a única que fiz por testes... No primeiro tive 10 e lembro-me de ter ficado contente e triste. Afinal, sempre gostei imeeenso de Matemática... Mas, por outro lado, aquela primeira matéria, de séries e sucessões, é a coisa mais horrível do mundo e eu só pensei "tira mas é positiva na primeira fase do exame, que é para nunca mais teres que ver isto". E assim foi... Derivadas, primitivas e integrais é bem mais fácil e giro. Por isso, ainda consegui acabar com 13 (not bad, believe it).
Mecânica não pus os pés na primeira fase. Não tinha estudado nada durante o semestre inteiro, a minha assiduidade nas aulas era de carácter duvidoso (para o que eu aprendia lá...). O exame foi tão mau ou tão bom que houve duas positivas. Se eu tivesse ido, não tinha passado do 3. De certeza. Um exame de Física pura sem um único cálculo com números... É mesmo bom! A segunda fase é daqui a uma semana. Veremos como me safo... A esperança é a última a morrer, mas a minha é reduzida.
E por fim Álgebra... A famosa Álgebra! Ah, mas aquilo até é fácil. O tanas. Odeio aquilo. Eu sou sempre ao contrário de toda a gente. Saí do exame com a sensação que ia tirar 5, no máximo 6. Tanto que já tinha começado a estudar para a segunda fase... As notas saíram há bocado e um 11 fez com que eu me sentisse a pessoa mais inteligente do mundo.

Agora dizem-me "pfff, esse orgulho por tão pouco"? É justo. Mereço ouvi-lo. Realmente, são umas notinhas da treta... Mas se soubessem o quão pouco eu estudei, percebiam. Nem a minha mãe acredita que eu estou a ter "tão boas" notas. Dá para passar, não dá? É o que interessa. Para o próximo semestre, aplico-me mais e corre melhor! Está prometido.

6 comentários:

Mary Jane disse...

E a adaptação ao estilo universitário é sempre um desafio. As "piores" notas são sempre no 1º ano, depois é só subir!

secretgirl * disse...

good luck para o resto do ano :)

м♥ disse...

as piores notas são sempre as do primeiro semestre do primeiro ano. Vais ver que depois melhora

C. disse...

Muitos parabéns :)

Hermione disse...

you go girl :) e sim, estou com a Maru Jane, é ano de adaptação ;p

morta de sono disse...

(estou a gostar dos comentários acima, de que as piores notas são as do primeiro semestre eheh)
Parabéns pelas notas! :)