terça-feira, 31 de janeiro de 2012

b.i.t.c.h.


Há uma miúda lá do curso que às vezes me dá vontade de lhe dar chapadas. Foi das primeiras pessoas com quem falei, e até me pareceu bastante tolerável ao início, mas depois comecei a topar-lhe as manhas. Dá-se com quem lhe convém e dá facadinhas nas costas. Manda a sua boquinha súbtil, assim como quem não quer a coisa. Inventa coisas que afectam as pessoas. Sim, eu sei que há muitas e muitas pessoas assim... A grande maioria da nossa espécie, até. Mas desde ontem que estou particularmente irritada com ela. Em frente à professora de Álgebra (que não vai com a minha cara), quando fomos à revisão da prova, disse em voz bastante alta:
- I., a tua nota é sempre a que vou ver a seguir à minha. És sempre a mesma coisa! Não estudas quase nada e acabas sempre por passar... Tens grande sorte pá.
Sim, é verdade, mas só eu sei o olhar que a professora me mandou. Tive que lhe dizer:
- Não é sorte, é sabedoria.
E esta simples frase foi apenas o resultado duma tentativa de me conter para não a mandar para todo o lado. Um olhar assassino levou, pelo menos. Desculpa lá se fiz as coisas por lógica e deu para passar! Bitch.

3 comentários:

м♥ disse...

há sempre dessas em todos os cursos. Bitches gonna hate :)

Cat disse...

Sim, ISSO é o que se chama verdadeiramente uma bitch! --'

ʝoana disse...

Eu não suporto pessoas assim. É o desprezo total. E quanto muito saio-me com uma dessas, como tu, que corta o mal pela raiz.