sábado, 2 de junho de 2012

Um pouco aleatório... E lamechas


Odeio a minha tendência para ficar insegura repentinamente. E sem razão... Só porque sim. Perco a vontade de sorrir, mesmo que haja motivos para tal. Deixa-me com um aperto no peito... Dos grandes. Quando é mais grave, não páro de tremer. E normalmente, não sei o que fazer... Não sei como mudar, porque não sei a origem. Nem sequer sei se há origem para além de eu mesma.
Inseguranças à parte, a citação da imagem diz algo com que concordo. Há a música que diz que "ninguém é de ninguém", mas eu acho que somos de alguém quando não queremos ser de mais ninguém. O segredo está em sentirmo-nos de alguém... Não em sentir alguém nosso. Se tivermos sorte, a outra pessoa sente o mesmo... E, para além de sermos dessa pessoa, essa pessoa é nossa. E é perfeito.

1 comentário:

Hermione disse...

é mesmo, faz todo o sentido. quanto a essas inseguranças, eu sou daquele tipo de pessoas que não tenho nada disso. sou super descontraída e sem stress em relação ao meu namorado, porque tenho plena confiança naquilo que temos. acho que também é uma coisa que vem com a idade e com o tempo de relação. mas vá, deixa-te dessas coisas e sê feliz, isso só faz mal e rugas ;p