domingo, 10 de junho de 2012

Divagações... (or something)

Há bocado pus-me a pensar na altura em que adoeci, há pouco mais de três anos atrás. Aquilo que parecia algo pequeno tornou-se algo gigantesco e acho que só eu e a minha mãe sabemos o que aquilo realmente foi. Quando já estava melhor... Pimbas, um desgosto de amor dos fortes, que é o melhor que se pode fazer a uma rapariga para lhe tirar a fome (pelo menos, é o que noto em todos aos quais assisto). E voltei ao mesmo...
Contudo, por mais mal que às vezes me sentisse, física ou psicologicamente (uma coisa leva à outra, sempre), nunca desmoralizei completamente. Sim, às vezes tinha umas recaídas, e pensava "mas que mal fiz eu?". Mas na maior parte do tempo, o pensamento dominante era "um dia isto passa". Mesmo com as indeterminações dos médicos, as doenças em cadeia, os medicamentos infinitos, os milhares de exames e análises e aquelas porras todas que eu fiz, e os "provavelmente, tens que ser operada" e os "ah, se calhar logo se vê"... Nunca perdi a esperança.
Apesar de acordar sempre mal-disposta e cheia de dores de estômago, adormecia todos os dias a pensar que podia ser no dia seguinte que iria estar melhor. O que é certo é que, aos poucos, isto foi voltando à normalidade. E é o que interessa.

Amanda Seyfried

6 comentários:

Maria disse...

:) um beijinho grande i.!

ʝoana disse...

Não eras tu que dizias que querias melhorar o visual do blogue?

|SORTEIO DE LAYOUT| Participa!
Mais informações em:
http://fim-do-diaaa.blogspot.pt/2012/06/300-seguidores-sorteio-e-regras.html

Ju disse...

Ainda bem que assim foi! És uma lutadora!

м♥ disse...

às vezes o mais importante é manter a fé e pensar positivo.


os brincos vinham num pack que comprei na primark já há imenso tempo. são mesmo giros e pequeninos e amorosos. dá lá uma espreitadela pode ser que ainda haja.

Sue disse...

Espero que agora esteja tudo bem ;)

Anónimo disse...

Essa tua força de vontade... :)