sábado, 18 de fevereiro de 2012

Tenho medo - take II

Estava a pensar em como tenho medo de o magoar e de estar a confundir tudo (outra vez a mesma conversa, eu sei) e eis que ligo a conta do blogger e me deparo com esta imagem no O amor é um lugar estranho, na lista das actualizações:
Isto, eu tenho a certeza que não é. Não me sentia sozinha ou desamparada. Adorava estar completamente sozinha. Adorava a sensação de não ter que dar justificações a ninguém. Adorava ocupar o meu tempo com tudo menos relações amorosas. Não estava mal por não ter alguém ao meu lado dessa maneira. Já tinha feito o meu luto... E estava bem.
Por tudo isto e por muito mais, este sentimento não é um acto de desespero, é real. Eu sei que é... Porque, se não fosse, eu não sorriria quando sinto o telemóvel vibrar e vejo que é uma mensagem dele, não ficaria triste por estar tão poucas vezes com ele, não ficaria com o cérebro completamente retardado quando ele me beija, não pensaria nele quando ouço certas músicas, não ficaria sete horas seguidas com ele sem dar pelo tempo passar, não estaria "assim"... Feliz.
Se calhar, é mesmo por ele ser tão especial, por ele fazer mais por mim do que aquilo que eu mereço, que morro de medos de não corresponder às expectativas e de fazer porcaria. Ele está a fazer-me voltar a acreditar. Merece tudo menos que eu o magoe...

2 comentários:

Hermione disse...

oh i, que bonito :) merece isto e muito mais. tenho a certeza que vais estar à altura, tens muito amor para dar. deixa-te levar :)

м♥ disse...

Fala com ele sobre isto e levem as coisas com calma, pra ver no que dá.