quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

lif(v)e

Miranda Kerr

Não há nada melhor do que sentirmo-nos bem com nós próprios. Estarmos de consciência plenamente tranquila com os nossos actos. Termos a certeza de que andamos a ter as atitudes correctas. Consciencializarmo-nos de que a vida é uma curta passagem e que temos que saber aproveitar as coisas mais pequeninas. Quanto a mim... Sinto-me bem. A minha saúde (física e psicológica) está muito melhor (uma coisa leva à outra e assim sucessivamente). Sei que a faculdade podia correr melhor, mas também sei que há coisas muito mais importantes do que passar um semestre agarrada aos livros. Sinto que ajudo quem posso no que posso e não há nada que me deixe mais contente. Não por mim, mas pelos pesos que ajudo a suportar. Tenho o coração cheio... Não só com um novo "amor", mas também com as melhores pessoas do mundo: os meus amigos. Os velhos e os novos. E, acima de tudo, sinto-me em paz com este mundo, na maior parte do tempo. Tenho os meus momentos de fraqueza, em que penso que não consigo fazer nada nem chegar a lado nenhum, mas depois, aos poucos, as lágrimas lá param e eu volto-me para o lado das coisas boas da vida. Como costumo dizer, não tenho tudo o que quero, mas tenho tudo o que preciso. E, neste momento, sei que não podia ser melhor.

1 comentário:

Hermione disse...

que bonito, e principalmente que bom que te sentes assim :) sei bem o que é esse sentimento, felizmente. às vezes dou por mim a pensar em como tudo bate certo, tudo está no lugar certo, apesar dos problemas que inevitavelmente surgem. é uma sensação maravilhosa :):)