segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Por Ele


Invariavelmente, não há ninguém que não tenha sofrido - mais ou menos - por amor. Há quem fique descrente durante tempos e tempos. Há quem parta logo à procura doutra aventura. Há quem dramatize. Há quem não se preocupe. Contudo, a vida continua. Por vezes, dá voltas e cambalhotas como nunca sonhámos. As melhores coisas que temos numa altura podem-se tornar completamente dispensáveis noutra e factores que nem sabíamos existirem tornam-se essenciais. É preciso aceitar certas mudanças e saber seguir em frente. Acima de tudo, é necessário arriscar e não deixar escapar aquilo que se pode vir a tornar no melhor que tens na tua vida. Até pode não ser para  sempre, porque, lá está, ninguém sabe as voltas que a vida dá... Mas deve ser valorizada ao máximo, em cada segundo. Arriscar o meu coração e a minha estabilidade pelo L. foi a melhor coisa que fiz no último ano. E sinto que cada dia faz mais valer a pena.

4 comentários:

miii disse...

Quando vale a pena, sabe bem. Quando não vale, pronto, há que continuar que o caminho é em frente...

м♥ disse...

é mesmo bom sentir que vale a pena. principalmente quando se passam anos e anos :)

Cat disse...

Estás tão crescida, i.! :) Lembras-te da altura em que não acreditaste que uma coisa deste género pudesse ser possível? Quando achavas que ias ficar eternamente ou perto disso naquele sofrimento? Faz parte do processo, já todos lá estivémos e sobrevivemos. E tu também sobreviveste e muito bem, pelos vistos :)

Hermione disse...

eu qd comecei a namorar também tive medo. E se não é o mais correto? E se não der ceto? Mas a verdade é que tenho vivido os melhores 4 anos e 9 meses da minha vida :D eu sei q é para sempre, mas se não for tem valido MESMO a pena :D