sábado, 24 de março de 2012

Tudo isto, se for ela quem fica mal com o fim da relação, claro

Os homens são seres engraçados. A sério, metem piada, dão vontade de rir. Chega o fim da relação e, se isso for do principal interesse deles, toca a aproveitar o novo estado de liberdade. Nós ficamos perdidas em lágrimas e chocolates e eles a tirar proveito da vida. E o que é que afinal tem piada? Quando nós, finalmente, começamos a erguer novamente a cabeça, aos pouquinhos... Quando nós começamos a ver novamente a luz do Sol e a ter vontade de encarar o mundo... O que é que acontece? Lá estão eles, prontos para lançar a cana de pesca, fazendo-nos morder o isco. Assim que estamos presas novamente, o que é que acontece? Tornamos ao imenso oceano, ainda mais para o fundo. E assim sucessivamente. Eles não têm que nos dar justificações de nada e fazem o que bem querem - claro, já não há nenhuma espécie de compromisso, compreende-se. No entanto, na cabeça deles, se já namoraram connosco é como se fossem um bocado donos de nós para sempre. Como eles já tiveram, mais ninguém pode ter. E atacam sempre quando sabem ou pressentem que já não sincronizamos a sua frequência. Meninos... Cresçam. Apenas nós somos donas de nós próprias. E não adianta correr atrás... Há alturas em que, simplesmente, é tarde demais.

4 comentários:

Hermione disse...

não lhes chamaria homens, mas sim garotos, se são essas as atitudes que têm.

ospequenospormenores disse...

Muito bom! Revejo-me tão, mas tão bem nessas palavras. Incrível como eles pensam mesmo que serão eternamente nossos. Mas lá está..um dia, é tarde demais.
Obrigada pelo texto, um beijinho *

Cat disse...

Sei perfeitamente o que é isso. NÃO te deixes levar minimamente por isso que dá sempre em arrependimento.

i. disse...

Cat, isto é um texto sobre estes imbecis no geral :) Felizmente, tenho dois dedinhos de testa e nunca me deixaria levar por isto.. Mas ultimamente parece que só vejo disto à minha volta!